CAA-PB repudia agressões de delegados, se solidariza com advogados atacados


A Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba (CAA-PB) se posicionou, neste sábado (26), contra as agressões praticadas, nessa sexta-feira (25), por delegados contra advogados e membros da Comissão de Prerrogativas da Instituição na Central de Polícia do Estado. A CAA-PB repudia a postura dos membros da Polícia Civil e cobra uma investigação rigorosa dos fatos e punição exemplar dos agentes públicos violadores das prerrogativas da advocacia.

As agressões verbais foram iniciadas na noite da última quinta-feira (24), quando uma delegada plantonista não permitiu que um advogado acompanhasse a oitiva dos conduzentes. Em seguida, na manhã de ontem, o esposo da delegada, que também é delegado, chegou a ameaçar de morte o advogado.

Revoltados com a postura reprovável dos delegados, membros da Comissão de Prerrogativas da OAB-PB foram a Central de Polícia registrar um Boletim de Ocorrência, uma nova confusão foi iniciada e novamente os advogados agredidos, entre eles os presidentes da Comissões de Defesa das Prerrogativas e da Justiça Criminal. Alguns advogados tiveram roupas rasgadas, foram detidos e um celular foi apreendido.

"A advocacia paraibana não aceita essa postura lastimável de membros da Polícia Civil e repudia agressões contra as prerrogativas dos advogados, por isso nos solidarizamos com a deliberação da Seccional paraibana de adotar todas as medidas necessárias, criminais e administrativas, visando a imediata apuração e punição de todos aqueles que tenham abusado da autoridade e agredido advogados no exercício de sua função e os que exerciam cargos de representação da Ordem", afirmou Assis Almeida, presidente da CAA-PB.

Endereço:

Av. Mato Grosso, 333 - Estados, João Pessoa - PB, 58030-080

Telefones:

(83) 3133-3400

(83) 3225-3676

​Siga-nos!

  • iTunes - círculo cinza
  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Instagram