Em nota, CAA-PB anuncia adiamento da campanha de vacinação contra a gripe


A Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba (CAA-PB) divulgou nota, na noite desta quinta-feira (02), comunicando o adiamento da campanha gratuita de vacinação contra a gripe, que começaria na próxima segunda-feira (07). O atraso é decorrente do momento delicado enfrentado pelas companhias aéreas em virtude da pandemia do COVID-19, com cancelamento de voos em todo o país.


Confira a nota na integra abaixo


NOTA SOBRE A CAMPANHA DE VACINAÇÃO 2020 A Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba (CAA-PB) vem a público informar que o lote de vacinas, com 1.400 doses, destinado à advocacia paraibana, com entrega prevista para o último dia 30/03/2020, sofreu alteração, ainda sem data confirmada para a efetiva remessa por parte do fornecedor para a CAA-PB.

Assim, a campanha de vacinação contra a gripe, que começaria na próxima segunda-feira (07) será adiada. O atraso é decorrente do momento delicado enfrentado pelas companhias aéreas em virtude da pandemia do COVID-19, com cancelamento de voos em todo o país.

De acordo com comunicado expedido pela INNOVAC, empresa fornecedora da vacina, existe uma enorme dificuldade no envio dos lotes de forma segura, dentro dos padrões de controle exigidos pelas autoridades sanitárias. A empresa esclarece ainda que as vacinas não podem ser transportadas, em razão da distância (São Paulo para a Paraíba), por via rodoviária.

O processo de vacinação havia sido agilizado pela CAAPB, atendendo a promessa de que seriam as vacinas entregues naquela data.

De toda forma, os pré-agendamentos já realizados ficam mantidos para a eventual vacinação.

Tão logo seja definido o novo cronograma de datas para a vacinação, será dada ampla divulgação pelos meios de comunicação, partir do site da CAA.

A CAA-PB vem envidando esforços para adquirir mais doses da vacina contra a GRIPE, no sentido de imunizar dois dependentes (mulher e filho), sendo oportuno dizer que há uma enorme dificuldade das empresas fornecedoras em atender a demanda, em virtude da grande procura por parte de várias entidades e órgãos da sociedade, cabendo informar que, por isso, várias CAAs do país não irão recebê-las.

Reafirmando seu compromisso de trabalhar, diuturnamente, para melhor dar assistência à Advocacia, a CAA coloca-se à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos. Francisco de Assis Almeida e Silva Presidente da CAA-PB